Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escola de Atenas

Um Blog informativo

Escola de Atenas

Um Blog informativo

Parceiros

Classificados X

O Classificados X é um site de acompanhantes e anúncios de convívio entre adultos.


Atenção: Site com conteúdos adultos, exclusivo para maiores de 18 anos.


Visitar site: Classificados X

08.Jun.16

Albatroz

Ave palmípede, de cor branca, muito voraz e grande voadora, de maior estatura que o ganso e de asas e cauda muito compridas.

 

Albatroz

 

Vive principalmente no Oceano Pacífico. É uma ave nitidamente oceânica e passa a maior parte da sua vida pairando sobre a superfície dos mares ou voando sobre ela. Migra para as pequenas ilhas oceânicas do Hemisfério Sul para nidificar.

 

Pertence à ordem dos Procelariformes e à família dos diomedeídeos, dentro da qual se distinguem umas 17 variedades de albatrozes. De entre elas destaca-se o grande albatroz comum (Diomedea exulans) que engloba a maior parte das aves marinhas: mede aproximadamente 125 cm desde a ponta do bico até à cauda, pesa entre 9 a 11 kg e pode atingir até 5 m de envergadura. Alimenta-se à base de peixes pelágicos, medusas, cefalópodes e outros animais. Não faz ninho e põe só um ovo.

08.Jun.16

Açor

Ave de rapina diurna (parecida com o falcão), com um comprimento de aproximadamente 50 cm, cor preta e ventre branco com manchas pretas; asas e bico pretos, cauda cinzenta, manchada de branco e pernas amareladas.

 

Açor

 

Trata-se do Accipiter gentilis, da ordem dos falconiformes e da família dos Aquilinos, muito apreciado antigamente em falcoaria (arte de caçar com açores). A espécie americana, A. atricapillus, mede cerca de 60 cm de comprimento.

 

Estas intrépidas aves, notáveis pelos seus habilidosos voos com que seguem todos os movimentos das suas presas, constituem, juntamente com o gavião, os mais implacáveis inimigos dos passarinhos.

 

A maior parte dos ornitólogos saxões inclui o género Accipiter no Astur.

08.Jun.16

Abibe

Ave pernalta da família dos Caradriídeos, própria da Europa e da Ásia. Tem um característico penacho negro na cabeça, dorso escuro e peito branco. Comum em Portugal durante o inverno, é também conhecida por abecoinha, galispo ou verdizela.

 

Abibe

08.Jun.16

Abelharuco

Pássaro da subordem dos Sindátilos, com cerca de 15 cm de comprimento, com asas pontiagudas e longas e bico um tanto curvo, mais comprido que a cabeça. Na sua plumagem, de vistoso colorido, dominam o amarelo, o verde e o vermelho escuro.

 

Abelharuco

 

O abelharuco migratório, Merops apiaster, da família dos Meropídeos, é comum em toda a Europa e abunda na Península Ibérica. É prejudicial às colmeias, pois come as abelhas. É também designado por abelheiro, abelhuco, alrute, barranqueiro ou melharuco.

08.Jun.16

História de Fafe

Pelo território de Fafe andaram antigos povos, como os lusitanos e os romanos, que moldaram alguns dos recantos desta terra. Tanto a toponímia como os vestígios arqueológicos permitem calcular que quase toda a área do concelho tenha sido habitada pelo menos desde o século IV a.C. Da cultura castreja (século I a.C.) restaram alguns povoados, como é o caso do castro da Subidade, também conhecido como castro de Paredes, na freguesia de São Gens, um dos mais bem conservados.

 

Fafe

 

No entanto, as primeiras referências à existência do concelho, antes denominado Monte Longo, remontam à Idade Média, período em que tinha como cabeça concelhia Santa Ovaia (Eulália) antiga, chamada de Fafe desde o século XVIII.

 

A primeira referência à existência segura do território de Monte Longo é fornecida pelas inquirições de 1220, de D. Afonso II. Apesar disso, já no início do século XI aparecia documentada a designação de Monte Longo num documento referente a uma doação datada da segunda metade do século X, em que Ordonho III, rei de Leão, doava a "Villa Moraria de Monte Longo" (atual freguesia de Moreira de Rei) ao Mosteiro de Guimarães, fundado nessa altura pela condessa Mumadona.

 

Em 1513, o rei D. Manuel I concedeu foral a Monte Longo, que, no entanto, já existia como concelho, com a sua Câmara, onde foi depositado um dos três exemplares do foral e que ainda aí se guarda, e a sua administração municipal própria.

 

Em 1840, Fafe ascendeu à categoria de vila e em 1986 foi elevada a cidade, como reconhecimento do surto de progresso, a vários níveis, ocorrido após o 25 de Abril.

08.Jun.16

Ponte do Barroco

A ponte do Barroco é também conhecida por ponte de Santa Comba. Datada do século XVIII, fica localizada junto a um interessante conjunto de moinhos. É composta por um arco medieval com tabuleiro em cavalete, assente sobre um arco. Situa-se no concelho de Fafe.

 

Ponte do Barroco

08.Jun.16

Castro de Santo Ovídio

O castro de Santo Ovídio, situado perto do rio Vizela, é o mais conhecido sítio arqueológico do município de Fafe. Em 1980, realizaram-se escavações que puseram a descoberto habitações, arruamentos e objetos que devem ter pertencido aos povos ocupantes, entre os séculos I a.C. e I d.C.

 

Castro de Santo Ovídio

08.Jun.16

Quem foi Phoebe Snetsinger e porque a Google a homenageia com um doodle

Esta quinta-feira, dia 9 de junho, a Google homenageia Phoebe Snetsinger com um doodle, no 85º aniversário do seu nascimento. Snetsinger foi uma experiente observadora de pássaros, e o doodle reflete essa sua paixão.

 

 

Phoebe Snetsinger (9 de junho de 1931 - 23 de novembro de 1999) foi uma ornitóloga norte-americana que alcançou a fama por ter observado cerca de 8400 espécies de aves durante a sua carreira, mais do que qualquer outra pessoa ao longo da história deste nicho específico.

 

Phoebe Snetsinger

 

Às vezes são necessárias circunstâncias terríveis para nos obrigar à ação. Phoebe Snetsinger, que se fosse viva faria esta quinta-feira 85 anos de idade, tornou-se a mais prolífica observadora de pássaros do mundo - um feito que ela alcançou por ter superado imensas dificuldades. Devido a essa tenacidade e espírito de superação, a Google resolveu dedicar-lhe este doodle.

 

Phoebe

 

Não foi até 1981 - quando foi diagnosticada com cancro - que Phoebe realmente se dedicou inteiramente à observação de pássaros. Nos anos seguintes, ela procurou em todo o mundo por espécies de aves obscuras ou mesmo desconhecidas para a ciência, aumentando a sua contagem oficial de aves para cerca de 8400.

 

 

Algumas das aves notáveis que ela observou incluem a Mariquita-papo-de-fogo e a Calicalicus rufocarpalis (nome científico), entre muitos outros pássaros interessantes representados no doodle pela artista Juliana Chen.

 

 

Phoebe Snetsinger faleceu de forma trágica em 1999, num acidente de viação em Madagáscar.

 

Snetsinger

 

O conhecimento científico das aves recebeu, portanto, uma enorme contribuição por parte desta mulher notável, pelo que a homenagem que a Google lhe presta é inteiramente merecida.