Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escola de Atenas

Um Blog informativo

Escola de Atenas

Um Blog informativo

07.Jun.16

Vida de Cão - Charlie Chaplin

Vida de Cão é o primeiro filme de Chaplin para a First National, e estreia a 14 de abril de 1918.

 

Vida de Cão

 

A escolha de um cão que sirva de companheiro a Chaplin neste filme não é fácil. Foram excluídos pela seguinte ordem: um dachshund, um foxy, um caniche, um terrier e um bulldog. A escolha final recaiu sobre um rafeiro com o nome Mutt, uma escolha feliz, a ponto de frequentemente roubar o protagonismo a Charlot.

 

Vivo e alegre, Mutt revela-se decisivo em várias situações, exceto quando deve servir de almofada ao vagabundo, pois, como contará mais tarde o realizador, para o adormecer foi necessária uma boa dose de whisky.

 

A interação entre Charlot e o animal é ótima. Os movimentos livres e o ar brincalhão do cão servem de contraponto às caretas e aos gestor do ator numa série de duetos divertidos e emocionantes.

 

Sinopse

 

Charlot é um vagabundo que vive num refúgio pobre, num bairro da periferia, numa luta contínua com a fome e o frio. A única amizade que possui é a de um cão. Um dia, numa triste taberna, Charlot conhece uma jovem cantora e apaixona-se. Algum tempo depois dois ladrões roubam uma carteira e enterram-na no abrigo de Charlot, de onde o cão a desenterra. Repentinamente rico, Charlot vai ter com a cantora, que entretanto foi despedida, para a levar consigo, porém, os ladrões reconhecem a carteira. Naturalmente, ergue-se uma rixa, da quão o vagabundo sai vencedor. Mais tarde, os dois apaixonados transferem-se para uma quinta, com o cão e os seus cachorrinhos.

loading...